HIANTE, 2020 (VÍDEO ARTE)

texto + voz + grafismo + vídeo A. Rafael da Silva pintura digital + som Amélia Alexandre


Hiante é uma obra colaborativa da poeta A. Rafael da Silva e da artista plástica Amélia Alexandre, iniciada em Maio de 2020.
Resulta de um exercício conjunto de observação à distância, de respiração e abertura de caminhos através da justaposição de texto e imagem, ideia e metamorfose. É um elogio à Terra, um sussurro que convida à dissolução dos limites e à expansão das tangentes alquímicas fundentes do quotidiano simples, onde entram as ervas, os passos, as linhas, a espera e o vislumbre, a leveza e o instante, o corpo, a luz, e tudo aquilo que está acima do humano, e porque está acima do humano também está, de alguma forma, presente nele.

*

A. Rafael da Silva

ft.
Amélia Alexandre 

A artista plástica Amélia Alexandre vive e trabalha no Porto.
Licenciada em Pintura pela Faculdade de Belas Artes do Porto, termina o curso em 2000 e desde então tem participado em inúmeras exposições, quer individuais quer colectivas, em Portugal e no estrangeiro.
Em 2000 integra a exposição colectiva "O Primeiro Fim", no Museu Nogueira da Silva, em Braga; e em 2002 expõe na colectiva  "I like it here can i stay?", na Galeria Zé dos Bois, em Lisboa.
Realiza em 2003 a sua primeira exposição individual - S.O.L.A.R. - na Galeria Graça Brandão, no Porto.
Em 2004  edita o livro de ilustração "Entre os Sóis", que deu resposta a um convite feito pela Editora Mimesis, tendo no mesmo ano participado no projecto colectivo "Quartel" - (Arte Trabalho e Revolução) no Porto.
Em 2005 realizou a segunda exposição individual "Observatório" no espaço Mad Woman In The Attic, no Porto, e faz-se representar em diversas exposições colectivas, entre elas a "Terminal - Em Fractura" – Hangar K7 na Fundição de Oeiras; na "E=mc2", no Museu Nacional da Ciência e da Técnica em Coimbra, na exposição "Busca Polos",  no Centro Cultural Vila Flor em Guimarães, na colectiva "Supermercado", em Oslo Noruega.
Em 2006 participa nas colectivas  "Busca Polos"  no Centro Cultural Vila Flor em Guimarães e no  " Encontro de Arte Jovem",  Árvore – Cooperativa de Actividades Artísticas no Porto.
Em 2007 apresenta a individual "Hospedeiros" no espaço, Armário de Curiosidades em Braga, e é convidada a integrar nesse mesmo ano o grupo de artistas a representar Portugal, na bienal itinerante "Jeune Création Européenne".
Em 2008 apresenta a individual "Nave Redonda", na galeria Quadrado Azul no Porto.
Participa em 2013 na exposição "Uma questão de Género", no Edifício AXA no Porto.
Está representada em várias colecções particulares.


Linkedin | Instagram

© 2021 A. Rafael da Silva - Todos os Direitos Reservados