OS BICHOS E AS ESTRELAS

texto + imagem A. Rafael da Silva
O trilho dos lenhadores
levou-nos demasiado longe
e agora já não podemos voltar
- à casa -
é tarde, tarde demais para refazer,
no sentido inverso, o caminho
que celebrou a força
é tarde, tarde demais para enxergar,
para lá desta clareira onde
nos resta dançar, berrar
- pretéritos -
bem acima da memória
dos poisos e dos abrigos, para
afugentar os bichos, requintados
- nocturnos -
que virão beber das nossas veias e comer
dos nossos sonhos, se nos distrairmos
brevemente, com as estrelas


Linkedin | Instagram

© 2021 A. Rafael da Silva - Todos os Direitos Reservados