CENTO E VINTE E DOIS

texto + imagem A. Rafael da Silva


quero estar madura para a morte
quando ela chegar
e até lá viver muito
cento e vinte e dois, talvez
que são os cem anos da minha vida
acrescidos dos vinte e dois que demorarás a chegar

o amor leva consigo certas distâncias

quero atravessar a vida
para te encontrar
para que me encontres

e mesmo que a vida me altere
e irá alterar, quebrar, desfigurar até
tu sejas capaz de achar
nos destroços da minha sedução
a sinuosa violência do nosso primeiro encontro


Linkedin | Instagram

© 2021 A. Rafael da Silva - Todos os Direitos Reservados